E a questão preconceito ainda continua por todos os lados

Como muitos sabem, homossexuais são proibidos de fazer doação de sangue em alguns lugares do mundo. Mesmo em tempos de estado critico nos bancos de sangue, homossexuais não pode realizar este gesto, por muitas restrições existentes.

Algumas organizações sociais vem levantando bandeiras sobre este tema e criando debates para discutir este assunto. Estas organizações lutam pela igualdade de direito independente da orientação sexual. Recentemente a Argentina retirou esta restrição do pais, mas muitos ainda seguem convictos de que homossexuais não podem doar sangue.

A muitos anos atrás a “regra” criada pela sociedade, de que só gays possuíam doenças sexualmente transmissíveis, era muito comum no dia a dia destas pessoas. Porém isso era para ficar no passado, já que hoje é provado que até mesmo casados correm este risco, mas não é o que acontece em alguns lugares do mundo, inclusive no Brasil.

Para quebrar algumas destas “regras”, impostas pela sociedade,  o Centro de Diversidade e Inclusão do Canadá criou um vídeo bem humorado para falar deste assunto tão importante no mundo. A campanha #EndeTheBan se resume em um filme mostrando que “não há nada de errado com o sangue gay”.

De um jeito bem especial, o vídeo transmite ao espectador uma informação bem realista. A campanha trás um homem analisando uma amostra de sangue em um laboratório, cada vez que ele chega perto da amostra tocam músicas tipicas do publico LGBT.

Confira a campanha: https://www.youtube.com/

E sabe de uma coisa: O mais engraçado é que quando se doa sangue, pelo menos aqui no Brasil, passamos por uma entrevista. É nesta hora que podemos contar um pouco da nossa vida. Quem garante que todos que doam sangue não mentiram na opção sexual, só para conseguir realizar esta boa ação? Complicado, não!?

Informações: http://www.adnews.com.br/